“Adote uma mãe”

DryVHP
Fevereiro 27, 2017
Plaint.Air
Março 1, 2017
Ver todos

“O ser humano é por si só uma ferramenta de transformação e inovação do meio onde vive.” – É esta a mensagem que o Rogério Coelho quer transmitir com o seu projeto.

Para sabermos mais sobre as motivações e como “nasceu” a ideia do Rogério e do seu grupo, colocámos-lhe algumas questões.

Lê a entrevista e fica a saber mais sobre eles:

Prémio Novo Mundo (PNM): Como souberam da existência do Prémio Inovação AGEAS?

Rogério Coelho (RC): Soubemos da existência do projeto em sala de aula, na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

PNM: Porque decidiram participar? (Foi o prémio monetário? A possibilidade de incubação na HealthCare City? Ambos?)

RC: Tanto o prémio monetário quanto a possibilidade de incubação são fatores motivadores. Porém, o reconhecimento deste projeto por parte da AGEAS e por parte da sociedade é algo muito valioso que abre oportunidades e amplia horizontes.

PNM: O que vos motiva a desenvolver o vosso projeto? Como “nasceu” a ideia?

RC: “Nasceu” do desejo de servir e conectar mundos. Mas também de uma experiência semelhante numa iniciativa como esta no Brasil. Porém, o nosso projeto traz características inovadoras e adaptações para o público alvo de Portugal.

PNM: Qual a pessoa (ou pessoas), a nível nacional ou internacional, que são para vocês, um exemplo de empreendedorismo ou inovação?

RC: As nossas inspirações são claras: Martin Luther King, Milton Santos (geógrafo brasileiro), Michael Faraday e Albert Einstein.

PNM: Que palavras de incentivo diriam àqueles que estão a ler esta entrevista e também têm “ideias” que gostariam de concretizar? Que conselho dariam?

RC: Gostaria de dizer a todos que os que lêem esta entrevista o seguinte: o ser humano é por si só uma ferramenta de transformação e inovação do meio onde vive. Acredite que é capaz sem se deixar influenciar por opiniões contrárias e aprenda a lidar com as críticas, estas são as características fundamentais para quem deseja explorar este potencial. Seja altruísta, bom observador, comunicativo, tente imaginar e sentir a necessidade do outro, tudo isto potencia o espírito.

Lê todas as entrevistas já realizadas

1 Comentário

  1. Betânia diz:

    Muito interessante esse projeto, inspirador para gerações futuras.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.