Plaint.Air

“Adote uma mãe”
Fevereiro 28, 2017
“Smart Pillow”
Março 6, 2017
Ver todos

“Na minha cabeça sempre existiu a ideia de desenvolver algo que, de alguma forma, ligasse o ser humano à Natureza.” É com esta mensagem que a Ana Silva apresenta o seu projeto denominado “Plant.Air”

Lê a entrevista e fica a saber mais sobre ela e sobre como “nasceu” a ideia:

Prémio Novo Mundo (PNM): Como soubeste da existência do Prémio Inovação AGEAS?

Ana Silva (AS): Descobri o Prémio Inovação AGEAS através de um concerto realizado no Coliseu do Porto, no dia 29 de Setembro.

PNM: Porque decidiste participar? (Foi o prémio monetário? A possibilidade de incubação na HealthCare City? Ambos?)

AS: O que me levou a participar foi o tema do concurso, pois é um tema atual que preocupa cada vez mais a população, principalmente as questões ligadas à saúde e ao bem-estar físico e psicológico. Mas também porque se trata de um tema do meu interesse num concurso abrangente dirigido a jovens universitários.

PNM: O que te motiva a desenvolver o teu projeto? Como “nasceu” a ideia?

AS: Na minha cabeça sempre existiu a ideia de desenvolver algo que, de alguma forma, ligasse o ser humano à Natureza. Uma vez que este, na minha opinião, tem vindo a desprezar um pouco a mãe natureza. Decidi aproveitar este belo ser vivo e todos os seus benefícios. Após uma pesquisa sobre a qualidade do ar percebi que as plantas poderiam ajudar a evitar os inúmeros casos de problemas respiratórios que se têm vindo a registar nos últimos tempos.

PNM: Qual a pessoa (ou pessoas), a nível nacional ou internacional, que são são para ti, um exemplo de empreendedorismo ou inovação?

AS: Um bom exemplo de empreendorismo é o jovem Miguel Martins que teve a ideia de desenvolver brinquedos científicos e educativos para crianças. Começou por apresentar a sua ideia na universidade e acabou a criar a sua própria empresa, a Science4you, que teve e tem um grande sucesso. Cada vez mais se encontram pessoas com vontade de criar o seu próprio negócio e já é possível encontrar muitos apoios ao empreendorismo.

PNM: Que palavras de incentivo dirias àqueles que estão a ler esta entrevista e também têm “ideias” que gostarias de concretizar? Que conselho darias?

AS: As boas ideias surgem a qualquer momento e qualquer pessoa pode tê-las! Se agarrarem essa ideia, fizerem alguma pesquisa, a transpuserem para o papel dando-lhe forma, vão ver que é possível que esta seja uma boa ideia para vós e para os outros.

Lê todas as entrevistas já realizadas

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.