“Protecsun”

“Piso Desleixado”
Janeiro 13, 2017
“SeaMe”
Janeiro 25, 2017
Ver todos

“Numa ida à praia em família, esquecemo-nos dos protetores solares”

“Protecsun” é um dos 12 projetos finalistas do Prémio de Inovação “Novo Mundo”.

Para ficarmos a saber um pouco mais colocámos algumas perguntas à Jéssica Lopes e ao Henrique Fernandes, os dois jovens empreendedores deste projeto.

Lê a entrevista e fica a saber como nasceu a ideia e o que os fez concorrer:

Prémio Novo Mundo (PNM): Como souberam da existência do Prémio Inovação AGEAS?

Jéssica Lopes e Henrique Fernandes (JL e HF) : Tomámos conhecimento do Prémio Novo Mundo Ageas através de um email dinâmico que foi dirigido a toda a Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto.

PNM: Porque decidiram participar? (Foi o prémio monetário? A possibilidade de incubação na HealthCare City? Ambos?)

JL e HF: A motivação principal foi poder dar a conhecer a nossa ideia, que consideramos que pode ajudar a promover a saúde e o bem-estar da população. Além disso, gostamos deste tipo de iniciativas, pois enriquecem a nossa formação e complementam as nossas soft skills. Esta iniciativa em específico cativou-nos pelos moldes simples de concurso e pelo prémio final aliciante. Incubar uma empresa na HealthCare é outra motivação, uma vez que estes agilizam a concretização da ideia num produto final, direcionado ao nosso público alvo.

PNM: O que vos motiva a desenvolver o vosso projeto? Como “nasceu” a ideia?

JL e HF: A ideia surgiu quando, numa ida à praia em família, nos esquecemos dos protetores solares, em casa. Nesse momento, pensámos em alternativas para nos protegermos do sol, quando chegássemos ao areal. Como esta é uma ideia que visa promover o bem-estar da população, sentimo-nos encorajados a desenvolver este projeto, que poderá ser uma mais valia para proteger o maior número de banhistas todos os verões.

PNM: Qual a pessoa (ou pessoas), a nível nacional ou internacional, que são para vocês, um exemplo de empreendedorismo ou inovação?

JL e HF: Pensamos que o Steve Jobs possa ser uma das nossas melhores referências em termos de empreendedorismo e inovação, pela capacidade que teve de inovar. Com o nosso projeto, queremos também ser capazes de aliciar e cativar os banhistas a tomarem posições mais cautelosas relativamente à exposição solar.

PNM: Que palavras de incentivo diriam àqueles que estão a ler esta entrevista e também têm “ideias” que gostariam de concretizar? Que conselho dariam?

JL e HF: Não guardem as vossas ideias! Se todos nós formos capazes de partilhar um pouco de nós para o bem da humanidade, cresceremos mais e melhor, todos juntos. Não acreditamos que hajam ideias inúteis ou despropositadas, mas sim ideias que poderão não ser aceites, ainda, por não ser o tempo certo para elas. Desafiem-se a vocês próprios e coloquem à prova as vossas ideias em oportunidades como esta da Ageas.

Lê todas as entrevistas já realizadas

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.