“Smart Pillow”

Plaint.Air
Março 1, 2017
Vencedores do Novo Mundo
Março 15, 2017
Ver todos

“A regra de ouro é arriscar, como nós fizemos.” – É esta a mensagem de incentivo que a Patrícia Cantante e o seu grupo deixam a futuros participantes no Prémio Inovação Novo Mundo AGEAS. Colocámos algumas questões a estes jovens para percebermos como “nasceu” a ideia e quais as suas motivações. Lê a entrevista e fica a saber mais sobre eles:

Prémio Novo Mundo (PNM): Como souberam da existência do Prémio Inovação AGEAS?

Patrícia Cantante (PC): Soubemos da existência do Prémio Inovação AGEAS através da nossa escola. No nosso curso, no quarto ano, temos uma cadeira que aborda mais o empreendedorismo. Nesta mesma cadeira tivemos de desenvolver uma ideia inovadora na nossa área de Fisioterapia. Foi desta forma que soubemos da existência do Prémio Inovação Ageas.

PNM: Porque decidiram participar? (Foi o prémio monetário? A possibilidade de incubação na HealthCare City? Ambos?)

PC: Sinceramente decidimos tentar a nossa sorte! Nunca pensámos que seria possível! Quando recebemos a notícia nem queríamos acreditar! Acho que ninguém do grupo teve incentivo pela parte monetária ou por outros motivos, simplesmente achámos por bem e já que tínhamos desenvolvido a ideia antes decidimos experimentar.

PNM: O que vos motiva a desenvolver o vosso projeto? Como “nasceu” a ideia?

PC: A ideia nasceu de uma conversa de café. A Smartherapy surgiu no meio de diversos assuntos e sempre foi a que mais nos despertou interesse. A nossa motivação neste momento prende-se no desejo de investir em nós e nesta ideia.

PNM: Qual a pessoa (ou pessoas), a nível nacional ou internacional, que são para vocês, um exemplo de empreendedorismo ou inovação?

PC: Apontamos o Hugo Belchior, CEO da Bwizer pois tem mostrado que a formação na saúde ainda tem muito para dar.

PNM: Que palavras de incentivo diriam àqueles que estão a ler esta entrevista e também têm “ideias” que gostariam de concretizar? Que conselho dariam?

PC: Quando temos uma ideia pensamos sempre que nunca irá ter resultado e que as pessoas não irão pensar da mesma forma que nós. A regra de ouro é arriscar, como nós fizemos. Não tens nada a perder!

Lê todas as entrevistas já realizadas

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.